Module File for piCal Not Found! Portal do Eleitor - Notícias - TSE - TSE realiza audiência pública sobre sistema eletrônico de votação e atos prepara
Menu Principal
Início
Notícias
Histórico

Central de Machetes
Manchetes Únicas

Agenda
Seções
Quem Somos
Contas Eleitorais
Dúvidas sobre o título
Referendo 2005
Votação e Justificativa
Eleitor no exterior
Mesário
Candidatos Eleições 2006
Site dos Mesários
Remanejamento de seções

Links
Enviar
Popular
Mais votados

Enquetes
Fóruns
Contato
FAQ
Parceiros
Downloads
Populares
Mais votados

Entrar

Quem nos visita
1 visitantes presentes (1 na seção: Notícias)

Associados: 0
Anônimos: 1

mais...

TSE : TSE realiza audiência pública sobre sistema eletrônico de votação e atos prepara
Enviado por Mauricio Faria em 12/11/2015 16:49:11 (486 leituras internas)

Com o auditório praticamente vazio e pouca participação de representantes de partidos políticos e de entidades, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizou na manhã desta quinta-feira (12) a terceira audiência pública sobre as resoluções que vão orientar as Eleições 2016. O tema tratado na resolução que motivou a audiência tem foco na segurança da urna, uma vez que disciplina a cerimônia de assinatura digital e fiscalização do sistema eletrônico de votação, o registro digital do voto, a auditoria de funcionamento das urnas eletrônicas por meio de votação paralela e os procedimentos de segurança dos dados dos sistemas eleitorais, além dos atos preparatórios para a eleição.
Relator das resoluções das Eleições 2016 e responsável por presidir a audiência pública, o ministro Gilmar Mendes enfatizou que era esperado um interesse muito maior dos partidos e instituições na apresentação de sugestões para o aprimoramento dos sistemas, justamente por se tratar de um assunto que suscitou polêmicas em relação ao questionamento do resultado das urnas na última eleição.
Ele fez essa observação ao assinalar a ausência de outros inscritos para falar na audiência pública, além do presidente do diretório municipal do PSDB em Araci, na Bahia, Fernando Mota. Em sua intervenção, o representante partidário apenas elogiou a forma como o TSE tem conduzido as eleições, de modo seguro e com agilidade na apuração.

“Esse tema tem dado base para significativas polêmicas e também deveria ensejar considerações e talvez despertar maior interesse”, disse o ministro Gilmar Mendes, ao avaliar que os partidos e instituições deveriam ter aproveitado a oportunidade para oferecer as suas propostas.
Ele acrescentou, ao final, que o TSE está aberto a receber eventuais propostas e considerações por escrito no prazo de 48 horas, contadas a partir de hoje. “De qualquer sorte, é importante ressaltar que um tema como esse merece toda a atenção. É a oportunidade que nós temos de dialogar, aperfeiçoar e receber as sugestões publicamente”, destacou Gilmar Mendes.
O representante do Ministério Público, Ângelo Goulart Villela, disse que irá encaminhar algumas sugestões por escrito dentro do prazo estipulado pelo Tribunal. Os ministros Henrique Neves, Luciana Lóssio e Tarcisio Vieira e o assessor-chefe da Assessoria Especial do TSE, Sérgio Ricardo dos Santos, também compuseram a mesa, ao lado do ministro Gilmar Mendes.
Audiências
A primeira audiência pública sobre as eleições do próximo ano ocorreu no dia 29 de outubro e tratou das representações, reclamações e pedidos de resposta; pesquisas eleitorais; e escolha e registro de candidatos. A segunda audiência foi no dia 5 de novembro e abordou os seguintes assuntos: modelos de lacres para as urnas eletrônicas, etiquetas de segurança e envelopes com lacres de segurança; e propaganda eleitoral, utilização e geração do horário gratuito e condutas ilícitas em campanha eleitoral.
O objetivo das audiências públicas é permitir que as pessoas diretamente envolvidas nas eleições e a sociedade como um todo possam apresentar suas preocupações e propostas para o aperfeiçoamento e total transparência do processo eleitoral brasileiro.
As instruções expedidas pelo TSE se destinam à orientação dos candidatos, dos eleitores, dos partidos políticos e das coligações e dos próprios juízes e servidores da Justiça Eleitoral.
Confira aqui um resumo com as principais alterações feitas pela Reforma Eleitoral 2015 e já incorporadas nas minutas abordadas na audiência de hoje.

Acesse a íntegra das resoluções no link: Resoluções

Fonte: TSE

Imprimir Enviar esta notícia por e-mail
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.
CopyLeft (c) 2002-2010 - Desenvolvido por EasyInfo Ltda